Investimento financeiro: Principais dicas para investidores iniciantes

0

Neste artigo estão listadas algumas dicas para investidores iniciantes, a fim de ter os recursos necessários para tomar a melhor decisão em seus futuros investimentos.

Antes de investir em um produto ou serviço que você não sabe exatamente como funciona, leia nossas dicas para ter os recursos e ferramentas necessários para tomar as melhores decisões.

Investir no mercado de ações sendo iniciante

Ao contrário do que podemos ler em alguns best-sellers que prometem enriquecê-lo da noite para o dia promovendo o investimento em bolsa de valores para iniciantes, a realidade é que investir é uma decisão que deve ser pensada com muito cuidado.

O investimento é algo que exige algum conhecimento e, algumas vezes, apoio de um consultor especializado que pode orientá-lo a conhecer as opções de mercado e os riscos que você pode enfrentar.

Existem milhares de filmes e séries onde vemos como algo emocionante comprar ações e apostar com enormes quantias de dinheiro. Mas antes de fazer isso, é preciso saber qual a maneira correta para se fazer e evitar os erros mais frequentes.

No entanto, cientes de que questões do tipo “Como investir do zero na bolsa de valores” despertam cada vez mais interesse, propomos uma série de dicas para que antes de gastar seu dinheiro e contratar um produto que você não saiba exatamente como funciona, você pode ter os recursos e ferramentas necessários para tomar a melhor decisão possível e fazer seu investimento dar resultados positivos.

1. Não aposte em um produto que você não entende

Em primeiro lugar, um dos pontos-chave para investir no mercado de ações se você é iniciante é não optar por produtos financeiros que você não sabe o que significam, o que eles consistem ou, o que é mais importante, que risco eles implicam.

2. Evite tomar decisões precipitadas

No mundo das finanças, ainda mais quando se trata de investir parte de suas economias, é aconselhável deixar de lado a parte emocional.

A impulsividade costuma ser um problema nesta área, ainda mais quando se trata de investidores iniciantes.

Então, se um dia você ler uma manchete dizendo que é o melhor momento para investir em ações de determinado setor ou empresa, mantenha a calma e não coloque suas economias em risco precipitadamente.

3. Evite livros de gurus que prometem torná-lo rico

Nesse aspecto, o melhor que você pode fazer pela sua saúde econômica é ficar longe da literatura financeira que promete enriquecê-lo e dobrar seu patrimônio em um piscar de olhos apenas investindo uma pequena parte do valor prometido.

Investir no mercado de ações sem conhecimento prévio pode levar à perda de suas economias.

4. Busque o apoio de um consultor de investimentos especializado

Por todos os motivos mencionados acima, se você está determinado a investir parte de suas economias, conheça quais são as vantagens e desvantagens dessa decisão.

Uma boa ideia pode ser procurar aconselhamento de um especialista financeiro de sua confiança.

Ter um profissional especializado no assunto e que também tenha boas referências é uma técnica utilizada até mesmo por investidores que estão neste ramo há anos.

Um consultor não só explicará cada detalhe de cada um dos produtos financeiros disponíveis, mas também, dependendo do seu capital e do seu perfil de risco, o orientará sobre quais são os produtos mais adequados, de acordo com seu contexto econômico e pessoal.

Resumindo, o trabalho do consultor financeiro é guiar você durante o processo de investimento e não deixar você se perder em nenhum momento.

5. Tenha uma reserva para imprevistos e diversifique seus investimentos para reduzir o risco

Se ter um consultor financeiro é uma decisão sábia, traçar uma estratégia de investimento para médio e longo prazo também é fundamental.

Investir nada mais é do que destinar parte de suas economias para a compra de ativos financeiros que podem ou não dar retorno econômico no futuro. Portanto, é importante diversificar seu investimento em diferentes produtos financeiros para reduzir o risco de perda.

Se você colocar todas as suas economias em um único produto, estará arriscando todo o seu investimento em algo que pode não te retornar o valor esperado. Por outro lado, se você diversificar seu investimento em vários produtos, é mais provável que, como um todo, sua estratégia de investimento seja bem-sucedida.

6. Não observe o mercado de ações diariamente

Por último, mas não menos importante, é essencial que você não fique obcecado em observar como o valor de certas empresas nas quais você investiu sobe e desce o tempo todo.

Deixar-se levar pelos movimentos do mercado de ações e pensar em vender ou comprar ações fora da estratégia e do tempo previamente definido com seu consultor financeiro só fará você se afastar dos objetivos previamente estabelecidos.