5 tipos de costuras para calças jeans

0

Uma das peças de roupas femininas mais utilizadas é o jeans. Muitos anos se passaram e, independente disso, desde a sua criação até hoje, as calças jeans se tornaram uma peça de roupa essencial, sendo utilizadas por diversas pessoas, tanto homens quanto mulheres, em qualquer ocasião.

Da agulha a linha, todo material e maquinário utilizado na costura de peças em jeans deve ser adequado, por se tratar de um tecido grosso com algumas camadas. Agulhas finas e linhas simples não dão conta, isso inclui máquinas de costura incapazes de lidar com tecidos mais grossos.

Hoje eu vou te ensinar 5 tipos de costuras para calças jeans e o que é preciso para utilizá-las na sua confecção.

A linha e a agulha

Antes de tudo, vamos começar pelo básico, a linha e a agulha. Calças jeans existem em dois tipos de tecido, os finos e os grossos. Dependendo do tipo, você pode precisar usar diferentes tipos de agulha, embora algumas pessoas optem pelo tipo 2026 110/18.

Esse tipo de agulha é própria para o jeans por ser mais grossa, mais afiada e mais difícil de quebrar comparado às menores para o mesmo tecido. De preferência deve-se usar linha de costura sólida.  

1 – Costura Inglesa

Prática e rápida, esse tipo de costura não mostra grandes desafios para ser feita. Muito utilizada em calças jeans, a costura inglesa deve ser feita em máquina, isso garante que tudo possa ser facilmente ajustado evitando problemas. Não tente a mão.

Para fazer a costura inglesa, ou costura rebatida como também é conhecida, é necessário seguir os passos que irei ensinar. Primeiro, com o tecido à mão, una-os com o lado de fora para cima e deixe um maior do que o outro, coisa de 1cm mais ou menos, e passe na máquina.

Em seguida, dobre a ponta que ficou mais pra fora duas vezes e costure novamente para dar o acabamento. Lembrando que toda a costura é feita na parte de fora da peça, mas, tanto o interior quanto o exterior da peça mostraram uma costura perfeita.

2- Costura Invisível

Não vou me aprofundar nessa área, mas, a escolha da máquina tem grande diferença na hora de fazer esse tipo de costura, o mais recomendado são máquinas que trabalham com tecidos mais grossos, como é o caso do jeans.

Essa costura serve para fazer duas importantes coisas nas calças jeans – podendo também ser aplicado em outros tecidos – a bainha e a barra. A costura invisível também pode ser aplicada na restauração de calças jeans, nesses casos, utiliza-se tecidos da mesma cor da peça a ser restaurada.

Na bainha, a costura invisível deve ser usada com o ponto zigue-zague, para um melhor acabamento e durabilidade. Após as medidas, marcações e cortes, o ponto zigue-zague atuará para evitar que desfie conforme é usada.

Na barra, a costura invisível também é utilizada com o ponto zigue-zague, sendo utilizado na máquina como auxílio um calçador que atuará apenas como guia na sua costura.

3- Costura dupla

Muito utilizada no acabamento, esse tipo de costura também pode ser feita em tecidos jeans, nas calças, e facilmente as encontramos em vários modelos nas bainhas e barras, também em mangas, costura de bolsos nas calças, dentre outras aplicações.

Tendo ou não uma máquina própria para essa costura, pode-se aplicá-la, isso porque os modelos comuns possuem um tipo de agulha que facilita na hora de fazer a costura dupla que é simplesmente uma agulha com duas pontas paralelas.

Lembre-se de buscar por agulhas na numeração certa para calças jeans, por ser um tecido mais grosso, agulhas impróprias podem quebrar ou danificar sua peça.

4- Costura Francesa

Ideal para acabamentos, a costura francesa também pode ser usada em calças jeans para dar a peça um acabamento menos grosseiro e mais profissional. Consiste numa técnica que utiliza o método de costura dupla que busca esconder as arestas que surgem com a costura das partes dos tecidos.

Visto como uma técnica de elegância e qualidade, é muito usada pelas costureiras que querem ir além da qualidade, chegando ao sofisticado e em peças que demonstram ser mais bem trabalhadas.

Utilizá-la requer muita paciência e tempo, pois, diferente dos outros tipos de costura, a francesa requer duas costuras, uma que é feita no lado interno da peça e outra do lado externo.

No caso da costura francesa, sua realização não indica complexidade, apenas, como dito antes, tempo. Pessoas que iniciaram agora na área podem não conseguir pegar o jeito nessa técnica tão fácil, mas, ao decorrer da experiência, consegue executá-la com perfeição e agilidade.

5- Costura Zigue-Zague

Essa costura é utilizada principalmente em bordas, como bainhas e barras de calças jeans e outros tecidos finos e sua utilidade é reforçar a peça e evitar que desfie.

Utilizar esse tipo de costura requer uma máquina própria de zigue-zague e muito bem ajustada. Mas, não é preciso se preocupar com isso, já que toda máquina do tipo vem com um manual que auxilia de como deve ser feito o ajuste.

De início você deve ter uma noção sobre as medidas usadas na calça jeans e depois programar a máquina. Na hora da costura deve-se garantir que a agulha acerte as laterais do vinco, caso isso não aconteça, a peça deve ser ajustada.

Seguindo o manual de ajuste e as medidas da peça, pode-se garantir maior segurança contra desfiamentos da peça, um processo parecido pode ser visto na máquina de overlock.