Fazenda inicia rodada de apresentação do sistema de gestão de custos

0
Alex Rocha/PMPA
FAZENDA
Ferramenta permite o acesso a informações consistentes para a tomada de decisões dos órgãos municipais

A Secretaria Municipal da Fazenda (SMF) deu inicio nesta semana à rodada de apresentação do projeto de implantação do sistema de custos para três secretarias piloto: Educação (Smed), Saúde (SMS) e Segurança (SMSEG). A ferramenta permite o acesso a informações consistentes para a tomada de decisões e deverá ser implantada nos demais órgãos do município.

De acordo com a secretária da Fazenda, Liziane Baum, o sistema possui uma gama de funcionalidades, que permitem mensurar, registrar e evidenciar os custos dos produtos, serviços, programas, projetos, atividades, ações, órgãos e outros objetos de custos. “Possibilita apoiar a avaliação de resultados e desempenhos, permitindo a comparação entre os custos do município com os custos de outras entidades públicas e privadas, além de apoiar a tomada de decisão em processos como comprar ou alugar, produzir internamente ou terceirizar determinado bem ou serviço”, disse.

A coordenação e a gerência são realizadas pela Contadoria-Geral do Município. O projeto teve início em 2019, com o planejamento das etapas de implantação e elaboração do termo de referência para contratação de consultoria especializada em implantação de sistemas de custos. “Na fase de diagnóstico foram realizadas reuniões com as secretarias para conhecimento dos processos e coleta de dados. Atualmente estamos finalizado a fase de modelagem dos custos”, explica o contador-geral Vanderlei de Souza. Previsto no Plano Plurianual, eixo Gestão e Finanças, no programa Gestão de Processos, Tecnologia e Transparência, tem prazo final de implantação até final de 2022.

Fonte: Prefeitura Municipal de Porto Alegre
Texto, edição e imagens: Equipe Prefeitura Municipal de Porto Alegre