The Last of Us – Análise do jogo

0

Lançado originalmente em 14 de junho de 2013 para Playstation 3, The Last of Us é um jogo de ação, aventura e sobrevivência. Foi desenvolvido pela Naughty Dog, famosa por outras grandes franquias como Crash Bandcoot e Uncharted.

Devido a seu grande sucesso, o jogo teve uma versão remastered lançada para o Playstation 4 lançada em julho de 2014, mas tanto este jogo quanto sua sequência, lançada para Playstation 4 e Playstation 5 (Teremos uma análise do jogo em breve), são exclusivos da Sony, não possuindo versões para outros consoles ou PC.

the last of us review 1
Fonte: Página oficial do jogo no site da Playstation

História do jogo (Spoiler)

O jogo se inicia 20 anos antes da história principal. No inicio, Sarah Miller, que é a filha de Joel Miller (Protagonista) está dormindo no sofá esperando seu pai chegar de seu trabalho para lhe entregar um presente de aniversário, o qual se trata de um relógio, pois Joel sempre reclamava de seu relógio quebrado. Os dois começam a assistir TV até que Sarah durma novamente e Joel a leva para sua cama.

Em seguida, Sarah acorda com o telefone de sua casa tocando e vê que seu tio, Tommy Miller, estava ligando desesperadamente a procura de Joel. Nesse momento, o jogador finalmente começa a ter controle sobre a personagem. Ao sair procurando por Joel, Sarah vê em um jornal e na TV que um vírus está afetando as pessoas da cidade, fazendo com as mesmas hajam de maneira estranha. Ao finalmente encontrar seu pai, se assusta com a reação do mesmo, perguntando se alguém havia entrado em sua casa, pois seus vizinhos estavam agindo da mesma forma que as pessoas da cidade, até que o vizinho aparece tentando destruir a porta, e ao fazer isso tenta atacá-los, até que Joel dispara contra o mesmo.

Nesse momento, Tommy chega até a casa de Joel para levá-los embora dali. A partir desse momento, se deparam com inumeros problemas dentro da cidade tentando fugir, e quando finalmente conseguem chegar a um lugar seguro, encontram um militar do governo, que é ordenado a matá-los. Dessa forma, o militar começa a atirar em Joel e Sarah. Os dois caem, e quando o militar chega perto de Joel para dar o golpe final, Joel é salvo por Tommy. No entanto, um dos tiros acerta Sarah, que morre alguns minutos depois.

Depois da cena inicial, o jogo avança 20 anos, contanto como foi a evolução do vírus e falando sobre os Vagalumes, que são um grupo de revolucionários que são contra o governo dentro das zonas de quarentena, locais onde os sobreviventes do vírus vivem.

Após esse avanço, o jogo mostra Joel, com uma aparencia bem mais velha do que a mostrada na cena inicial, abrindo a porta de sua casa para Tess, sua parceira de contrabandos. Tess diz para Joel que encontrou Robert, um antagonista do jogo que devia armas para Tess e Joel. Ao sairem a procura de Robert, se deparam com diversos inimigos, muitos deles contratados por Robert como seguranças. Ao encontrarem Robert e o mesmo não os pagar, Tess mata Robert.

Ao matar Robert, surge Marlene, a líder dos Vagalumes, que também estava atrás de Robert. Marlene possuia as armas que Tess e Joel queriam, mas em troca, teriam que entregar uma garota chamada Ellie para um outro grupo de Vagalumes, mas não disse o motivo para eles. Ao saírem para levar Ellie, os três são capturados por militares, e descobrem que a garota estava infectada.

Depois de conseguirem se livrar dos militares, para não ser morta, Ellie revela que é imune ao vírus, e que os vagalumes a queriam para criarem uma vacina. E dessa forma se desenvolve a história do jogo, mas até que encontrem os vagalumes, muita coisa acontece, e a melhor forma de descobrir isso, é jogando The Last of Us.

Crítica sobre o jogo

Iremos fazer a crítica do jogo primeiramente por temas, sendo eles:

  • Enredo
  • Gráficos
  • Jogabilidade
  • Trilha sonora
  • Crítica geral

Sem enrolação, vamos começar.

Enredo

The Last of Us se passa em um mundo pós-apocalíptico, no qual vinte anos após o início do surto, os vagalumes encontram uma menina ímune ao vírus Cordyceps, o qual toma conta do corpo dos infectados, transformando-os e zumbis. Porém, devido a sua grande quantidade de baixas em relação ao membros do grupo, a líder do grupo negocia com dois contrabandistas para levar a menina até um grupo de médicos que buscam encontrar uma vacina para o vírus, porém não falam do estado da menina para os contrabandistas (Joel e Tess). Sendo assim, o jogo se desenrola dessa maneira. Os personagens percorrem um grande caminho, com várias aventuras e desafios, para encontrar o grupo de vagalumes e entregar Ellie para eles.

Por mais que pareça não ser muito complexo lendo dessa forma, a história do jogo é muito boa. Os momentos de tensão e as diversas cenas comoventes (Como a morte de Sarah no início do jogo) devem te deixar apreensivo e afetivo pelo jogo.

Gráficos

The Last of Us foi lançado inicialmente em 2013 para Playstation 3, então iremos avaliá-lo dessa forma, mesmo que o jogo futuramente tenha recebido sua versão Remastered para Playstation 4.

O trabalho da Naughty Dog com The Last of Us em um todo é incrível. Não possuindo somente uma história incrível, o jogo possuí gráficos muito bonitos. Seja em uma civilização destruída que foi abandonada pelo restante da humanidade ou na natureza, os detalhes da ambientação do jogo são muito bem feitos.

Seja em um local próximo a procura de suprimentos, ou uma vista a longa distancia, os cenários do jogo são muito bem construídos, tendo cada detalhe muito bem elaborado para que o jogo pareça o mais realista possível.

Em minha opinião, The Last of Us possui os gráficos mais bonitos de um jogo de Playstation 3, até mesmo melhor que o de GTA V, também lançado no mesmo ano.

Jogabilidade

A jogabilidade de The Last of Us pode ser dividida em duas etapas, sendo elas exploração e confrontos.

É esperado que em um jogo dentro de um mundo pós-apocalíptico, o personagem precise buscar suprimentos para sua sobrevivência, e isso não é diferente em The Last of Us. Durante sua jornada dentro do jogo, irá se deparar com vários inimigos e situações complicadas, nas quais terá muita dificuldade para passar se não possuir um bom equipamento. Os cenários do jogo são muito grandes, o que permite que o jogador possa explorar por vários locais em busca de suprimentos.

Com relação as cenas de combates, elas acontecem não somente com infectados, mas também contra humanos sobreviventes. O jogador pode optar por abater seus inimigos de maneira furtiva, buscando preservar seus equipamentos, ou caso preferir, ir diretamente para o combate com equipamentos, como armas de fogo ou bombas. Qualquer que seja a forma que o jogador escolha para derrotar seus inimigos, esses momentos são sempre repletos de tensão e adrenalina.

Trilha Sonora

The Last of Us possui momentos que levam o jogador a sentir emoções como adrenalina, tensão, calma, afeto e até mesmo pena. Um dos elementos que fazem esses momentos transmitirem tais emoções são as músicas do jogo.

The Last of Us possui uma incrível trilha sonora. Sejam nos momentos de batalha ou até mesmo em uma simples conversa entre os personagens, as músicas do jogo combinam perfeitamente com o ambiente ou situação atual em que o jogador se encontra dentro da história, fazendo com esse grande jogo se torne ainda melhor.

Abaixo você pode conferir a música tema do jogo.

Crítica Geral

Como um jogador de The Last of Us a longo prazo, farei agora as minhas considerações do jogo.

The Last of Us, em minha opinião, é o melhor jogo lançado para Playstation 3, superando até mesmo GTA V. Desde o início do jogo, vinte anos antes da história principal, o jogo já possui momentos de extrema tensão e adrenalina, além de já sentir o impacto da perda de um personagem, que é o caso de Sarah.

Pouco depois da cena inicial, o jogador já se depara com momentos de combate, inicialmente contra humanos. Mas independente de quem seja o inimigo, os momentos de batalha são sempre muito dramáticos e tensos, o que torna o jogo muito atrativo. Além disso, os personagens do jogo e suas distintas personalidades e cotidianos, como a seriedade de Joel, ou a forma em que Ellie precisa viver, mesmo possuindo apenas quatorze anos de idade, são outro grande ponto positivo do jogo.

Além de seu modo história principal, o jogo também conta com uma DLC, chama “Left Behind”, a qual conta a história de Ellie antes da trama principal, mostrando como a personagem se infectou e o que acontece antes disso. O jogo também possui um modo multiplayer no formato DeathMatch, no qual duas equipes contendo quatro jogadores cada se enfrentam em um dos cenários principais do modo história.

No geral, The Last of Us não somente é um incrível jogo de Playstation 3, mas também é um dos melhores jogos que já joguei em minha vida. Posso dizer tranquilamente que se juntar The Last e sua sequência, The Last of Us Part II, esta é minha saga favorita dentro do mundo dos games.

Para finalizar, apenas posso dizer que para ver o quão incrível é este jogo, a melhor forma é jogando. Se cuidem e até a próxima analise.