Garota de 14 anos descobre gravidez na hora do parto no PI; avô é suspeito

0

Uma garota de 14 anos de idade foi levada ao hospital após reclamar de fortes dores abdominais. Ao chegar na emmergência da unidade, uma das enfermeiras desconfiou de que poderia se tratar de uma gravidez e um possível trabalho de parto.

Decidiram encaminhar a adolescente para a maternidade Maternidade Dona Evangelina Rosa, em Terezina. Chegando lá, a gestação foi confirmada e já estava no oitavo mês. O parto foi realizado e a menina contou o que acontecia.

Segundo a jovem, seu avô paterno a violentava desde os seus 12 anos de idade. Ela ficava sozinha com ele em casa quando o pai e a avó saíam para trabalhar. Temendo a reação dele, ela nunca contou sobre o caso para nenhum de seus parentes.

A mãe da garota informou que depois de sua separação, a filha foi morar na casa da família paterna e ninguém nunca suspeitou de que o avô poderia abusar de sua neta.

O caso, que foi descoberto no dia 13 de novembro, foi registrado na Central de Flagrantes e o Conselho Tutelar da cidade está acompanhando a jovem e as investigações. O processo segue em segredo de justiça e a mãe da menina ainda não foi ouvida, segundo informações.

Em casos como este, onde crianças são colocadas sob cuidados de terceiros, é necessário que haja bastante observação. Qualquer mudança de comportamento por parte do menor, deve ser avaliado. Quando descoberto o abuso, é necessário fazer denúncia para que a justiça tome as medidas cabíveis.