Bolsonaro diz que perpetuar benefícios é ‘o caminho certo para o insucesso’

0

Bolsonaro fez uma visita ao Paraná, mais precisamente às obras da Ponte da Integração que tem entrega prevista para o ano de 2022, ela está com 40% concluída, ainda tem um longo caminho para poder ser entregue. Ela vai ficar na fronteira entre Brasil e Paraguai e vai ajudar a Ponte da Amizade no fluxo de carros.

Em seu discurso, o presidente mencionou os auxílios que o governo tem dado à população nos tempos de pandemia, e disse que existem pedidos para a prorrogação de ajudas, como o auxílio emergencial.

Desde abril deste ano, trabalhadores informais estão recebendo R$600 e R$1.200 reais por parte do governo para auxiliar nas despesas, já que muitas ocupações foram prejudicadas pelas medidas de distanciamento e isolamento adotadas pelos países de todo o mundo.

Sobre a prorrogação do auxílio, o presidente respondeu: “Ajudamos o povo do Brasil com alguns projetos por ocasião da pandemia. Alguns querem perpetuar alguns benefícios. Ninguém vive dessa forma. É o caminho certo para o insucesso”

O presidente falou sobre tomadas de decisão e disse que é muito difícil decidir, mas que é preciso sair da indecisão, pois ela é mais perigosa. O novo programa social do governo ainda segue em discussão e pode ser implantado ainda em 2021, mas não é certeza.