Lote com as primeiras 120 mil doses da vacina CoronaVac chega a São Paulo trazido da China

0

Um avião contendo 120 mil doses da vacina pousou nesta quinta-feira (19), no Aeroporto Internacional de Guarulhos, localizado na cidade de São Paulo.

O material da CoronaVac foi importado da China e produzido por um laboratório chinês em parceria com o Instituto Butantan.

Essas 120 mil doses fazem parte de um lote de 6 milhões de reais, a promessa é que essa remessa será entregue ao nosso país ainda este ano.

No local compareceram João Doria do PSDB (governador de São paulo), Dimas Covas, diretor do instituto Butantan, e Jean Gorinchteyn, secretário estadual da Saúde.

Os três acompanharam todo o desembarque e também o momento da chegada do lote ao Brasil. 

vacina covid 1
Imagem (Pexels)

A vacina pertence a companhia chamada Sinovac Biotech e está entre as classificadas para combater o novo Coronavírus.

De acordo com o governo do Estado de São Paulo, há um acordo firmado na compra e transferência de 46 milhões de reais em doses, em que serão entregues para o instituto Butantan.

Com um resultado positivo nas duas primeiras fases de teste, a vacina não está concluída, atualmente ela está em sua terceira fase de análises, esse terceiro estudo está sendo realizados em humanos, pois, para ser distribuída entre a população brasileira, o material precisa ser aprovado pela Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. 

Por mais que a CoronaVac já estejam prontas, segundo o governo paulista, o instituto Butantan deverá receber a matéria-prima para a fabricação de 40 milhões de doses no país.

Ainda não foi divulgado o local de armazenamento desse material imunológico, o intuito de não revelar a sua sua localidade é de preservar a segurança do conteúdo importado.