MEC determina volta às aulas presenciais nas universidades federais a partir de janeiro

0

Desde março de 2020 as universidades federais de todo o país estão com suas atividades presenciais suspensas. O ano letivo dos estudantes foi cumprido de forma virtual, numa modalidade parecida com o EAD.

Nesta quarta feira, porém, uma portaria publicada no Diário Oficial determina o retorno das atividades na modalidade presencial em todas as universidades federais. As orientações são que sejam tomadas todas as medidas necessárias de biossegurança e que sejam usadas ferramentas complementares para repor quaisquer conteúdos perdidos.

O MEC determinou ainda que as universidades têm obrigação de fornecer condições e recursos para que os discentes acompanhem a ministração das aulas e tenham acesso aos conteúdos.

As Universidades Federais têm autonomia, porém, para formularem seu próprio calendário e reestruturar seus currículos. A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) ainda não se preonunciou e só vai fazê-lo depois de conversar com os reitores das instituições.

Vale salientar que a determinação do MEC vale apenas para Instituições e Universidades Federais. As instituições de ensino estaduais e municipais não foram abrangidas nessa portaria.

Algumas Universidades Estaduais já divulgaram seu calendário para 2021, a grande maioria permanecerá com as aulas online devido a pandemia que ainda não está sob controle no país.

O Enem já tem data confirmada pelo Ministério da Educação, e informou que alunos que tenham contraído Covid e precisem faltar às provas, poderão remarcar o exame.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.