Vacina de Oxford: mais eficácia com dose menor? Intrigante!

0

A vacina contra a Covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford trouxe resultado intrigante, se mostrou mais eficaz quando aplicada em apenas meia dose, com a aplicação de uma completa em sequência. 

O resultado foi de 90% de eficácia quando aplicada desta maneira. O anúncio feito hoje (23), trouxe uma série de outros questionamentos para a comunidade científica que está envolvida na pesquisa e desenvolvimento da vacina. 

O líder dos estudos, o cientista Andrew Pollard, disse que o resultado é intrigante e destacou a necessidade de mais aprofundamentos nas pesquisas. 

test 5693761 640
Imagem de Elchinator por Pixabay

Pascal Soriot, diretor do AstraZeneca, laboratório responsável, diz que a dose reduzida pode ser uma boa descoberta, pois um maior número de pessoas poderão ser imunizadas em um menor espaço de tempo. 

Vale salientar que essa vacina, além de proteger contra a doença, parece prevenir a infecção, o que diminui a propagação do vírus, que tem sido uma das maiores dificuldades neste momento. 

Outra vantagem da vacina desenvolvida por Oxford é com relação a seu armazenamento, sua refrigeração pode ser feita entre 6ºC e 8ºC, por um período de até 6 meses. Ela pode ficar em uma geladeira comum.  

Diferente de outras que estão sendo desenvolvidas, que precisam de uma refrigeração de -20ºC a -70ºC, necessitando de um freezer ou outros equipamentos de refrigeração.

Apesar dos bons resultados, ainda não existe eficácia 100% comprovada, mas os estudos estão avançando e a imunização se torna uma realidade cada vez mais próxima.

Os estudos continuam e sempre que houverem mais avanços, os resultados serão divulgados e discutidos entre a comunidade médica e científica.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.